Deus Salve o Rei: Trama tem reviravolta e Catarina é filha de bruxa imortal é plebeia e foi comprada recém-nascida pelo Rei Augusto

O passado de Catarina (Bruna Marquezine) será revelado em Deus Salve o Rei. A jovem não é rainha e nem tem sangue real.

Amália (Marina Ruy Barbosa) seguirá investigando a vilã e com a ajuda de Virgílio chegará até Augusto (Marco Nanini). No entanto, o rei de Artena se recusará a aparecer com medo que a filha vá para a forca. A mocinha insistirá, contando todas as vezes que a megera tentou matá-la.

“A responsabilidade é toda minha. Eu criei Catarina no meio de uma mentira! Tudo começou errado… Desde o seu nascimento”, dirá Augusto. “O protocolo me obrigava a escolher pela vida da minha filha… Assim, eu garantiria o herdeiro do trono de Artena. Mas como condenar a mulher da minha vida à morte?! Como deixar minha filha sem sua mãe?”, indagará ele.

“Catarina não é minha filha de sangue, Amália”, disparará o rei. “Ninguém nunca soube a verdade. Apenas meu fiel amigo Demétrio [Tarcísio Filho] sabia, e ele morreu levando esse segredo”, completará.

“A gestação de minha mulher foi muito complicada desde o início. Nós sabíamos que aquela era nossa última chance de gerar um herdeiro. Minha esposa ainda estava muito mal após o parto. Se ela soubesse da morte da nossa filha, ela não ia resistir. Minha mulher ainda não tinha visto a bebê, e eu não tive coragem de dar a notícia. Foi aí que eu tomei a decisão”, relatará.

E foi assim que Catarina chegou aos meus braços, Amália. Tão linda, tão inocente! Ninguém diria que os anos iriam transformá-la no que ela é hoje. Minha mulher morreu sem saber a verdade”, comentará ele.

“Então, Catarina não é uma princesa? Ela é uma plebeia! Como eu!”, concluirá a mocinha. “Uma órfã abandonada num convento. De pai e mãe desconhecidos”, declarará o rei. “Que ironia do destino. Catarina sempre me humilhou por ser uma plebeia, quando ela mesma nunca teve sangue nobre em suas veias”, observará a ruiva.

Enquanto isso, Brice segue na tentativa de descobrir quem adotou seu bebê e ameaçará de morte o casal que adotou a criança. “Quem era esse homem para quem vocês a venderam?! Por que ele queria a minha filha?”, perguntará a maga.

“Ele queria uma menina recém-nascida. Ele foi até o convento, mas não havia nenhuma bebê lá. Então, a madre contou que a gente tinha acabado de adotar uma criança. Ele era conselheiro do rei de Artena. Ele nos fez jurar que guardaríamos esse segredo para sempre, em troca do dinheiro. O rei de Artena criou a sua filha”, disparará a mulher.

“O rei Augusto… Então minha filha é… Catarina!”, falará Brice, chocada. A feiticeira partirá em seguida para o castelo de Montemor e ficará de frente com sua filha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *